sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Larus fuscus - 26 anos


Anilha metálica - GG70601

Anilhador: Shaw and Armstrong (BTO)
Local onde foi anilhada: South Walney Bird Observatory, Cumbria, UK
Local da observação: Porto de Leixões, Matosinhos, Portugal
Distância: Cumbria > Matosinhos = 1553 Kms (em linha recta)
Data da observação: 26.06.2015

Esta gaivota foi anilhada no dia 01 de Julho de 1989.
Segundo informação da BTO nunca tinha sido registada nenhuma observação, ou seja, passaram 26 anos (9491 dias) depois que a ave foi anilhada até se confirmar que a ave ainda está viva.
Este caso é um exemplo comprovativo de que as aves anilhadas apenas com uma anilha metálica perdem muita informação sobre a sua longevidade, rotas migratórias, etc.
Não sei se há dados estatísticos sobre a quantidade de aves anilhadas e o numero de observações confirmadas dessas aves, mas admito que o retorno de informação seja muito reduzido.

Perante esta realidade, não compreendo porque ainda se continua a observar tantos juvenis de gaivotas apenas com anilhas metálicas.