terça-feira, 22 de março de 2016

Gaivotas raras em Portugal

Larus glaucoides | Larus hyperboreus



Ontem (21.03.2016), manhã cedo, fui observar gaivotas à Praia de Matosinhos.
Para inicio de Primavera o dia estava um pouco encoberto e a luz não era muito boa para fotografar.
Mas, já que me tinha levantado da cama tão cedo, era de ver o que andava por ali…
Binóculos em posição e vamos lá mirar as patas das meninas!
Anilhas? muito poucas para o desejado.
Entretanto, eis que numa mancha de gaivotas, se destaca um “artista” não muito habitual por estas paragens. Era um belo jovem de Gaivota-hiperbórea!

Procurei aproximar-me dela um pouco mais mas o melhor que consegui foram estas fotos porque ela só se deixou observar por breves momentos e partiu na direcção do mar.


Todavia, o dia estava a começar bem porque passados algumas dezenas de metros a sul descubro outra “artista” de uma “trupe” também famosa, era uma das minhas favoritas a Gaivota-polar.

Tentei aproximar-me dela mas logo levantou voo para dentro do Porto de Leixões. Azar!

Decidi então segui-la para dentro da doca para ver se a conseguia localizar.
Sorte! Num dos cais lá estava ela, o sol também furou as nuvens e permitiu-me fazer o vídeo.

Embora as fotos conseguidas não sejam de boa qualidade, não deixo de as partilhar.


Ambas as espécies estão classificadas em Portugal como Raridades.
As observações destas espécies encontram-se sujeitas a homologação pelo Comité Português de Raridades.

>>>|||<<<