quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Centros Europeus de Recuperação de Aves Marinhas (IV) – ECOMARE



Larus michahellis – B[M:145]
Yellow-legged Gull | Goéland leucophée | Gaviota Patiamarilla | Gaivota-de-patas-amarelas

- Especie - Larus michahellis

- Anilha -  B[M:145] 
- Anilhador – Ecomare (Centro de Reabilitação)
- Idade quando internado no Ecomare: Entrou como cria
- Idade quando libertado após reabilitação: Juvenil
- Data e local da anilhagem – 05.07.2017 – Ílhavo, Aveiro, Portugal 
+info+ 

Curiosidades:
-Libertada no dia 5 de Julho registei a sua observação no Porto de Leixões em Matosinhos passados 13 dias;
-Este é o primeiro registo de avistamento após a sua libertação e também o meu primeiro registo de uma ave reabilitada no Ecomare.



ooo000ooo



Recentemente inaugurado, o ECOMARE-Centro de Reabilitação de Animais Marinhos (CRAM), localizado na Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, é o maior centro de resgate e salvamento de animais marinhos da Europa.
Esta unidade engloba o Centro de Extensão e de Pesquisa em Aquacultura e Mar e o Centro de Pesquisa e Reabilitação de Animais Marinhos.

Instalações de excelência, uma equipa de primeiros socorros 24h por dia operacional com ajuda de uma ambulância adaptada e capacidade para receber 1000 animais marinhos por ano são alguns aspectos que caracterizam o centro de resgate que intervém em 300 km da costa no norte e centro do país e dá auxílio a aves marinhas, mamíferos marinhos e tartarugas marinhas.


Todos os anos, centenas de animais marinhos são encontrados feridos ou doentes ao longo da costa, muitos são vítimas dos comportamentos imponderados do ser humano no mar. Capturadas acidentalmente durante a pesca, emaranhadas em redes ou fios, intoxicadas com plástico, aves, mamíferos e répteis são resgatadas pelo ECOMARE, reabilitadas e, assim que recuperadas, devolvidas à natureza.
O objectivo da reabilitação destes animais marinhos passa por devolvê-los à natureza o mais rapidamente possível, assegurando durante o processo o seu tratamento e bem-estar. Este projecto valoriza ainda o conhecimento científico marinho e visa consciencializar a população para a necessidade de diminuir o impacto individual que compromete a conservação dos oceanos.

Futuramente, segundo anunciou o reitor da UA, Manuel Assunção, o Ecomare será aberto a visitas promovendo a sensibilização dos jovens, e menos jovens, para as questões ambientais”.

Veja o vídeo de apresentação do Centro. 



                                                          vídeo-2:21

Agradecimento: 
A história de vida desta ave foi disponibilizada por Rute Costa
>>>|||<<<